Newsletter:

Para receber a newsletter do site, cadastre-se aqui

Nome:
Email:
 

 

xxxx   xxxx
 
Site de Políbio Braga diz que Polícia Federal
descobriu sonegação na Ulbra

 

        Polícia Federal grampeou os telefones do advogado gaúcho Luiz Vicente Dutra e de um dos pró-reitores da Ulbra, de Canoas, flagrando um arreglo para ludibriar o governo federal e livrar a universidade do pagamento de impostos.
        A Ulbra queria manter a proteção do generoso manto da filantropia e para isto não teve dúvidas em pagar até R$ 5 mil por um simples parecer de um dos conselheiros do Conselho Nacional de Assistência Social, o CNAS. Descobriu-se que representantes de entidades de aparência insuspeita –de obras sociais a igrejas—se uniram a advogados, para ludibriar o INSS e a Receita.
         O caso veio à tona em 13 de março. Numa operação batizada de “Fariseu”, a Polícia Federal levou ao cárcere seis pessoas. O processo corre na 12ª Vara Federal de Brasília. Apura fraudes praticadas sob o manto da filantropia. Os malfeitos ocorreram num órgão que funciona no ministério do Desenvolvimento Social. Chama-se CNAS (Conselho Nacional de Assistência Social). Tem poderes para dar isenção tributária a organizações filantrópicas. O processo segue, porém, o seu curso em segredo de justiça.

 

 

 

 

 

Copyright© Jair Pedroso. Todos os direitos reservados.